Novidades

Preenchimento cutâneo

Remover marcas profundas de rugas e de espinhas agora ficou mais fácil. O preenchimento cutâneo é uma técnica utilizada para a correção de sulcos, rugas e cicatrizes de acnes. O tratamento consiste na injeção de substâncias sob a área da pele a ser tratada elevando-a e diminuindo a sua profundidade, melhorando seu aspecto.

A técnica é realizada no consultório médico, sendo um procedimento rápido e que, na maioria das vezes, não necessita de anestesia. Para pessoas mais sensíveis, podem ser utilizados anestésicos tópicos, sob a forma de cremes, aplicados 30 a 60 minutos antes do preenchimento, para atenuar a sensação da picada da agulha.

O preenchimento cutâneo é muito utilizado para atenuar o sulco nasogeniano (aquele que se acentua com o sorriso e vai do canto do nariz ao canto da boca) ou os sulcos ao redor dos lábios.

Também é usada para aumento labial, correção de cicatrizes de acne e reposição volumétrica em áreas do corpo onde ocorre perda de gordura com o envelhecimento.

Cuidados ao depilar a axila com cera ou com lâmina

Preferidas por muitas por sua rapidez e praticidade, a depilação a cera ou a lâmina são métodos que exigem cuidados redobrados, não só durante a depilação, mas também antes e depois, para reduzir o desgaste provocado à pele sensível das axilas.

Lâmina
Apesar de eficaz para remover os pelos em uma situação de emergência, este tipo de método permite que eles cresçam muito rapidamente, o que faz com que a manutenção ocorra num intervalo médio de três dias. Devido a essa frequência e também à força aplicada no aparelho de barbear, a pele tende a ficar traumatizada, já que uma fina camada da cútis é retirada junto com os fios.

Ainda assim, não é necessário aposentar a lâmina, certos cuidados podem amenizar os danos, como fazer uma leve esfoliação da axila para prepará-la para o procedimento, o aparelho nunca deve ser utilizado mais do que três vezes e o arraste deve ser realizado sempre no sentido do crescimento do pelo. Após a depilação, deve-se lavar com água e sabão, hidratar a área com um creme emoliente e evitar tomar sol para que não haja o escurecimento cutâneo.

Cera
Técnica com resultado mais duradouro que a realizada com o aparelho de barbear, a cera é uma boa opção para a mulher depilar a axila em casa, principalmente quando a escolha é usá-la aquecida, pois a temperatura elevada faz com que os poros se mantenham abertos e a retirada dos fios seja facilitada.

Prefira ceras à base de propriedades hidratantes como algas marinhas ou mel, que repõem a umidade da pele e facilitam a retirada dos fios. Durante a depilação, a cera deve ser puxada no sentido contrário ao crescimento do pelo para que a axila fique lisinha. Ao terminar a depilação, faça uma limpeza no local com loção específica para remover restos de cera, evitando, assim, pelos encravados.

Leia ainda sobre depilação a laser em http://www.todapele.com/tratamento/depilacao-a-laser/

 

 

Entenda os perigos de espremer espinhas

Todos já devem ter ouvido a velha frase: “Não esprema sua espinha”. O gesto inocente de cutucar o local afetado  é arriscado e pode piorar em vez de ajudar a se livrar do problema. Conheça os motivos disto:

1- Existem bactérias vivendo na nossa pele. Elas ficam em várias partes do corpo, incluindo mãos e unhas. Na maioria das vezes elas não incomodam. Mas, ao mexer em um cravo ou uma espinha com sua mão contaminada por bactérias, a lesão inicial pode infeccionar e aumentar.

2- Uma espremida mal feita pode arrebentar a espinha, não para fora, mas na sua parte profunda na pele. Se isso acontecer, a inflamação aumentará.

3- Existe o risco de uma espinha mal-espremida virar cisto.

4- Arranhar e cutucar a pele com o objetivo de eliminar imperfeições pode deixar manchas e cicatrizes.

Por isso, se você tem cravos e espinhas, além do tratamento indicado pelo dermatologista, faça periodicamente limpeza de pele com profissional capacitado. Na limpeza profissional, cravos e espinhas são removidos de maneira correta.

 

Fonte: veja

Pele seca – saiba como cuidar

Não é só a pede oleosa que causa desconforto. Pessoas que possuem pele seca sentem os incômodos deste tipo de pele. Além do ressecamento, a pele seca pode apresentar um aspecto áspero e placas esbranquiçadas, que em alguns casos pode provocar coceira. Existem certos cuidados diários que  atenuam seus efeitos.

Hidrate sua pele, evitando usar ácidos e fórmulas que contenham álcool em sua fórmula. Durante o banho, esqueça a água quentinha. Ela tira o óleo natural da pele. O uso de buchas e esfoliantes são contra-indiciado, já que pode irritar a pele.

Os sabonetes mais indicados são aqueles mais oleosos, geralmente à base de glicerina. Evite produtos à base de enxofre e ácido salicílico. Os óleos de banho também são ótimos aliados para deixar a pele mais cheirosa e sedosa

Quando a pele recebe muita maquiagem, a hidratação profunda é ainda mais necessária. Produtos líquidos são sempre mais eficazes que os pós para quem tem pele seca. O demaquilante mais indicado é o em creme.

 

Flacidez – conheça os cuidados e os tratamentos

A flacidez nada mais é do que enfraquecimento das fibras colágenas e elásticas que sustentam os tecidos do organismo, podendo ocorrer na pele ou na musculatura, de forma genética ou natural, como através do excesso de sol, sedentarismo, alimentação inadequada, fumo, gravidez, obesidade e distúrbios hormonais.

A flacidez muscular tem como causas principais o sedentarismo, a falta de exercício físico e a alimentação inadequada, ocasionando a perda do tônus muscular. Já a flacidez da pele deve-se à perda de elementos do tecido, como fibroblastos, colágeno e elastina, diminuindo a firmeza entre as células, deixando a pele com aspecto caído e envelhecido.

A flacidez ocorre mais nas mulheres do que nos homens, em virtude da variação hormonal, quando há diminuição do colágeno e da elastina, que dão sustentação à pele.

Para melhorar e retardar a chegada da flacidez ao corpo é importante ter uma boa educação alimentar aliada à prática de exercícios físicos. A dieta para evitar a flacidez deve ser equilibrada, rica em frutas, verduras, proteínas e opções com baixo índice glicêmico. Evite gorduras saturadas e o excesso de açúcar, pois eles favorecem a inflamação das células, que leva ao aspecto flácido.

Nutrientes como as vitaminas C e E, carotenóides e selênio são antioxidantes que ajudam no combate dos radicais livres, que são responsáveis por tirar a firmeza da pele.

Além de cuidar da alimentação e de praticar atividades físicas, existem tratamentos estéticos que estimulam a produção de colágeno. É fundamental fazer uma avaliação médica para verificar qual técnica é a mais indicada para cada caso. Na Todapele, você encontra o Rejuvenescimento 3D e Velashape (Saiba mais em Tratamentos).

Saiba como ter seios firmes sem recorrer a cirurgia

O sonho de toda mulher é ter seios firmes, rígidos e tonificados. Esta região é composta, predominantemente, por glândulas e pele, que com o passar do tempo sentem significativamente os efeitos da gravidade. A gravidez e o ganho rápido de peso também contribuem para a flacidez. Alguns cuidados e tratamentos podem contribuir para evitar a perda da rigidez.

Manter os seios bem hidratados com produtos reconhecidos no mercado, verificando sempre a indicação de pele da embalagem. Loções firmadoras são perfeitas para a prevenção da flacidez dessa região, no entanto, vale lembrar que a loção só trata da flacidez, não do músculo.

Outro cuidado importante é a pratica de exercícios físicos. Trabalhar os músculos do peito (situados atrás das mamas) e os dorsais (ao lado) pode contribuir para uma boa sustentação, mantendo os seios firmes. Usar sempre soutien, inclusive para dormir, e top durante a prática de atividades físicas também previnem do efeito da gravidade.

Também existem tratamentos não cirúrgicos feitos em clinicas que dão ótimo resultado e trazem a rigidez de volta ao corpo.

Garantindo resultados mais eficazes, o VelaShape é um equipamento que reúne três técnicas: sistema de sucção (que isola a área afetada), infravermelho (que aquece a região) e radiofrequência bipolar (que atinge as camadas mais profundas) e é indicado para as mulheres que possuem seios flácidos.

Esse equipamento melhora a circulação local, estimula a produção de colágeno e faz com que o colágeno volte à posição inicial. O recomendado é fazer 12 sessões – duas por semana.

Remoção de tatuagem

Fez uma tatuagem e se arrependeu?  Hoje já é possível removê-la, seja qual for a cor ou tamanho, através da tecnologia do Spectra Laser Toning. Tattoos monocromáticas, em preto ou cor escura, geralmente são removidas em menos tempo, de 3 a 5 sessões, enquanto as coloridas necessitam de mais sessões, de 7 a 14 sessões, que devem ocorrer respeitando os intervalos bimestrais.

O tempo de remoção da tatuagem depende de alguns fatores, como: há quanto tempo o desenho foi realizado; tamanho; localização; a qualidade da tinta utilizada; além do tipo de pele do paciente.

A fototermólise seletiva do Spectra Laser Toning revolucionou o tratamento da remoção de tatuagens. Esta técnica utiliza lasers que atingem um alvo específico, ou seja, para cada cor, um tipo diferente de laser. Este Alvo atrai o raio absorvendo a sua energia, o que causa a sua destruição sem provocar danos aos tecidos adjacentes.

Este tratamento é contraindicado para gestantes e pessoas com quelóide. Dúvidas? Agende uma visita a Todapele.

 

Esfoliação corporal – conheça seus benefícios

Uma esfoliação corporal bem feita traz vários benefícios para pele. A aplicação do esfoliante no corpo garante a remoção das células mortas/secas da superfície, deixando-a com a aparência mais limpa, fresca e fina, o que também ajuda a estimular a renovação natural de células da pele e ajuda no tratamento de acne.
A esfoliação não consiste apenas em remover as impurezas e auxiliar na renovação das células, mas também prepara a pele para receber tratamentos complementares, como a aplicação de loções hidratantes, melhorando sua absorção.
Os benefícios de uma boa esfoliação são: contribui para o melhoramento da tonalidade natural e uniforme da pele; é eficaz contra a celulite; melhora a circulação sanguínea; estimula o sistema metabólico; aumenta a capacidade e a eficiência do corpo no que toca à eliminação de toxinas; prepara o corpo para o verão, para a obtenção de um bronzeado bonito e uniforme; devolve à pele um aspecto saudável.

A esfoliação tem características relaxantes ou revigorantes, dependendo dos ingredientes e técnicas utilizadas, mas é fundamental realizar uma boa hidratação após a esfoliação.

Como fazer

A esfoliação deve ser feita com movimentos firmes, circulares que abrangem toda área a ser tratada.  Para que ela provoque bons resultados, comece pelo pé para ativar a circulação, siga para as pernas, lateral da coxa, abdômen, lateral do abdômen, costas, braços, mãos e por último colo e pescoço. Mãos, cotovelos e joelhos merecem um cuidado especial, pois são regiões mais grossas.

Cada tipo de pele pede um determinado tempo entre uma esfoliação e outra. Pele oleosa deve ter um intervalo de sete ou 10 dias. Pele seca o intervalo é de 15 dias. Pele normal pede um espaço bem maior entre as esfoliações.

Vitiligo – o que é e como tratar

Doença não contagiosa, a principal característica do vitiligo é a despigmentação da pele por falta de melanina. O tratamento bastante utilizado é a fototerapia, na qual o paciente é colocado numa cabine especial onde é irradiada luz ultravioleta A ou B, que estimula a pigmentação da pele com vitiligo.

Este procedimento permite um controle exato do tipo de radiação a que o paciente está sendo submetido e o tempo que ele vai ficar exposto à radiação.

A fototerapia pode induzir o aumento da capacidade enzimática, hipertrofia e proliferação dos melanócitos. Reduz o tempo de tratamento e não requer o uso de fotossensibilizantes.

Para tratar as manchas brancas do vitiligo, a Todapele utiliza a fototerapia com radiação UVB Narrow Band, tecnologia moderna, que tem se mostrado efetivo, com resposta bem satisfatória. Para mais informação entre em contato conosco.

 

Saiba como cuidar da pele oleosa

A pele do rosto necessita de cuidados especiais. Existem vários tipos de pele. As oleosas provocam o surgimento de cravos e espinhas, além de causar desconforto pelo excesso de brilho. Para diminuir este efeito é importante fazer uma limpeza profunda e seguir alguns passos do acordar ao dormir.

O cuidado da pele começa no banho. Evite banho com água quente, que além de remover a oleosidade natural da pele, incentiva o organismo a produzir mais sebo, gerando excesso de oleosidade. Prefira água morna ou natural. O sabonete também faz diferença, use específicos para peles oleosas.

Para disfarçar o brilho excessivo, muitas mulheres recorrem à maquiagem. Neste caso, opte por produtos desenvolvidos especialmente para este tipo peles, pois não incentivam a produção de sebo, também prefira opções com o efeito mate que dão aspecto mais seco.

Cuidado com os lencinhos umedecidos. Eles podem até aliviar a sensação de viscosidade, mas não resolvem o problema, muito pelo contrario, podem até provocar o aumento da oleosidade, em virtude de alguns lencinhos conterem fórmulas que desgastem a pele. Substitua-os por loção adstringente e lenços de papel ou plaquinhas de algodão.

Evite contato do cabelo com o rosto. A oleosidade do couro cabeludo acaba passando para pele através dos fios, e ainda o cabelo acaba abafando a pele, dificultando sua respiração. Franjas, então, nem pensar.

Para manter a pele bonita e saudável, o uso do protetor solar diário é imprescindível. Existem no mercado produtos específicos para pele oleosa, que no geral vêm em forma de gel, gel-creme ou fluido. Estes são desenvolvidos para proteger a pele dos raios solares ao mesmo tempo em que tratar a oleosidade. O recomendado mínimo é FPS 30.

O ar condicionado também faz aumentar a produção de óleo, pois como o ar resseca o ambiente, forçando o corpo a reagir para tentar reduzir a perda desta água. Por ser é impossível evitá-lo em dias quentes, a hidratação neste local é fundamental, com a ingestão de água e sucos naturais.

Encerrando o cuidado com a pele, antes de dormir, remova toda a maquiagem, fazendo a limpeza com espuma facial e loção adstringente. Recomenda-se o uso de uma loção ou gel que reduza a oleosidade, para isto, faz-se necessário consultar um dermatologista. Ao amanhecer, retire o produto e siga novamente cada passo.