Cuidados ao depilar a axila com cera ou com lâmina

Preferidas por muitas por sua rapidez e praticidade, a depilação a cera ou a lâmina são métodos que exigem cuidados redobrados, não só durante a depilação, mas também antes e depois, para reduzir o desgaste provocado à pele sensível das axilas.

Lâmina
Apesar de eficaz para remover os pelos em uma situação de emergência, este tipo de método permite que eles cresçam muito rapidamente, o que faz com que a manutenção ocorra num intervalo médio de três dias. Devido a essa frequência e também à força aplicada no aparelho de barbear, a pele tende a ficar traumatizada, já que uma fina camada da cútis é retirada junto com os fios.

Ainda assim, não é necessário aposentar a lâmina, certos cuidados podem amenizar os danos, como fazer uma leve esfoliação da axila para prepará-la para o procedimento, o aparelho nunca deve ser utilizado mais do que três vezes e o arraste deve ser realizado sempre no sentido do crescimento do pelo. Após a depilação, deve-se lavar com água e sabão, hidratar a área com um creme emoliente e evitar tomar sol para que não haja o escurecimento cutâneo.

Cera
Técnica com resultado mais duradouro que a realizada com o aparelho de barbear, a cera é uma boa opção para a mulher depilar a axila em casa, principalmente quando a escolha é usá-la aquecida, pois a temperatura elevada faz com que os poros se mantenham abertos e a retirada dos fios seja facilitada.

Prefira ceras à base de propriedades hidratantes como algas marinhas ou mel, que repõem a umidade da pele e facilitam a retirada dos fios. Durante a depilação, a cera deve ser puxada no sentido contrário ao crescimento do pelo para que a axila fique lisinha. Ao terminar a depilação, faça uma limpeza no local com loção específica para remover restos de cera, evitando, assim, pelos encravados.

Leia ainda sobre depilação a laser em http://www.todapele.com/tratamento/depilacao-a-laser/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *